Grampos para correiais

O Grampo Lobo, também conhecido  como grampo jacaré devido sua semelhança  com  a  mandíbula  deste  réptil, é  indicado  para  realizar uniões em  correias  de  transmissão  de  potência  ou  transportadoras operando sem  abaulamento  e  com cargas  leves  e  médias.  Permite abrir a correia no local da emenda para  limpeza ou manutenção do transportador, apenas  removendo-se  a  cavilha  de  articulação do grampo o que permite  uma  grande agilidade  ao  processo de emenda.  Utilizado  em correias operando  em  linhas de empacotamento, em  supermercados, correios,  depósitos,  aeroportos,  na  indústria  têxtil,  alimentícia,  de cigarros, de equipamentos agrícolas, de produtos químicos e borracha.

Tabela de uso dos grampos Lobo

Lobo Tamanho

Tensão Máxima
P.I.W.

 Espessura da correia mm

Diâmetro mínimo da
 Polia em (mm)

Quantidade de barras por caixa

Comprimento das barras em (mm)

 05

 25

 até 1,5

25

12

150

 15

 65

 3,0 a 4,0

 60

 16

200

25F

100

4,5 a 5,5

100

 12

200

35M

 150

7,0 a 8,0

 180

8

200

45U

165

 8,0 a 9,5

230

 

 

O Grampo Farpa  é indicado para realizar emendas de alta resistência uniões  seladas em correias elevadoras e transportadoras com ou sem abaulamento. E indicado também para reparos de rasgos longitudinais, furos  e  lascas  nas  correias,  sendo  muito utilizado  no transporte de minérios, carvão, pedra britada, areiam cimento, trigo e sal.
Os parafusos  e  porcas  de  alta  resistência,  comprimem  a  correia  através  das chapas superior  e  inferior  do  grampo  dotadas  de  dentes.   Estas chapas têm as extremidades   levemente dobradas para dentro que penetram na correia,  e  ainda  alojamentos  para  os parafusos e porcas de aperto para que não haja interferência com os raspadores.

O Grampo Mastim  é  indicado  para  realizar emendas de alta resistência em correias transportadoras com ou sem abaulamento.  Tem  a  vantagem de permitir que  a correias  seja  aberta no local da emenda  para limpeza, manutenção ou prolongamento do transportador no menor tempo possível.
São muito utilizado no transporte de bagagens, adubos, produtos químicos     e agrícolas, nas indústrias de peças, de papel e celulose, alimentícia, em equipamentos de construção e manutenção de rodovias e em subterrâneas.

  Seu sistema  de  dobradiça  admite  menores diâmetros de polias, sem causar elevadas tensões de dobramento na correia. É fixado à correia com rebites cujas pontas separam as  fibras  da  carcaça  sem  cortá-las.

  Ao penetrarem  na  correia,  os  rebites  são  comprimidos  pela  borracha  em  todo seu    perímetro,  impedindo  infiltração  de  umidade  na  carcaça  da  correia. Sua construção possibilita a operação  em  transportadores  com abaulamento de correia, adaptando-se ao serviço pela separação de suas lamelas nos vincos existentes para tal fim.

  O Grampo Mastim tem suas extremidades levemente dobradas para dentro de maneira   que, quando instalado, não interfere com os raspadores e  não  apresenta  cantos  vivos ou arestas cortantes,  evitando danificar pacotes,  produtos frágeis ou causar acidentes. A tensão  da  correia  é  distribuída  em  grande  quantidade  de rebites, resultando uma emenda resistente e segura.

O Grampo Puma  é  indicado  para  emendas mecânicas para correias planas  ou seja correias de transmissão de potência ou transportadoras em serviços leves e médios, operando com ou sem abaulamento.
É  construído  em  aço  e  montado  em  cartelas  com  o  espaçamento correto funciona pelo sistema de dobradiças, e deve portanto ser usado aos pares.   Os dentes pontiagudos ao entrarem na correia separam as fibras da carcaça sem cortá- las.  Evita-se  o  rompimento  da  correia  na  linha  de  penetração  dos dentes devido a disposição alternada deles.
O funcionamento pelo  sistema  de  dobradiça admite menores diâmetros de polias sem causar elevadas tensões de dobramento na correia. Tudo isto aliado ao fato do elevado número de dentes que o grampo possui, promove uma distribuição uniforme de tensões em toda a largura da correia  e  torna  a  emenda segura para tensões de até 140 libras por polegada de largura  (PIW).